Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.13/720
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorFrança, Paulo Miguel Macedo-
dc.contributor.advisorEscórcio, Patrícia Carlota Costa-
dc.contributor.authorGonçalves, João Filipe Gomes-
dc.date.accessioned2015-03-25T11:20:19Z-
dc.date.available2015-03-25T11:20:19Z-
dc.date.issued2013-12-
dc.date.submitted205-03-25-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10400.13/720-
dc.description.abstractA utilização de varões de fibra de vidro (GFRP) em alternativa ao aço em estruturas de betão armado representa uma mais-valia no que respeita a ambientes agressivos, nomeadamente ambientes altamente corrosivos. No entanto a elevada flexibilidade e o comportamento elástico até à rotura levam a comportamentos distintos no que se refere ao seu dimensionamento. A sua aceitação no universo da construção está dependente de uma melhor compreensão do comportamento estrutural deste material. Desta forma a aderência constitui um dos aspetos mais básicos do comportamento estrutural, visto que representa a qualidade da transmissão de tensões das armaduras para o betão. Este parâmetro representa um fator determinante para o cálculo do comprimento de amarração nos códigos de dimensionamento. De acordo com o exposto, esta dissertação tem como objetivo o estudo do comportamento da aderência entre o betão e os varões GFRP. O programa experimental é constituído por dois tipos de ensaio, 18 ensaios de arrancamento com longo comprimento de ancoragem e 18 ensaios com curto comprimento de ancoragem, com intuito de avaliar a influência do diâmetro, do comprimento embebido e do material do varão no comportamento da aderência. Observou-se que as tensões desenvolvidas pelos varões GFRP, num ensaio de tração pura, diminuem consoante o diâmetro do varão aumenta. As tensões de aderência média diminuem com o aumento do comprimento embebido de varão. Os comprimentos de ancoragem ótimos dos varões GFRP aumentam consoante o aumento do diâmetro do varão, no entanto este valor representa cerca de 27 diâmetros do varão em causa. A nível local, verificou-se que as tensões de aderência aumentam conforme o aumento do diâmetro e que as tensões de aderência observadas nos varões GFRP são inferiores aquelas registadas nos varões de aço. Os resultados demonstraram que o confinamento dos provetes é um fator determinante no desenvolvimento de elevadas tensões, principalmente nos varões GFRP de maiores diâmetros, este fator deverá ser tido em conta em trabalhos experimentais futuros.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectPolímeros reforçados com fibras de vidro (GFRP)por
dc.subjectAderênciapor
dc.subjectEnsaio de arrancamentopor
dc.subjectComprimento de ancoragempor
dc.subjectEngenharia Civilpor
dc.subject.por
dc.subjectCentro de Ciências Exatas e de Engenhariapor
dc.titleAderência de varões GFRP no betãopor
dc.typemasterThesispor
thesis.degree.levelMestrepor
thesis.degree.disciplineEngenharia Civilpor
thesis.degree.nameMestrado em Engenharia Civilpor
dc.identifier.tid201124289-
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MestradoJoãoGonçalves.pdf4,59 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.