Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.13/1622
Título: Impacto do programa GPS no desenvolvimento de competências socio-emocionais nos indivíduos em situação de reclusão: o caso do estabelecimento prisional do Funchal
Autor: Teixeira, Fátima Mariana Agrela
Orientador: Franco, Maria da Glória Salazar D'Eça Costa
Palavras-chave: Competência emocional
Delinquência
Programas de intervenção
Emotional competence
Delinquency
Intervention programs
Psicologia da Educação
.
Faculdade de Artes e Humanidades
Data de Defesa: 27-Mar-2017
Resumo: A competência emocional baseia-se na manifestação da autoeficácia em que o sujeito crê ter capacidades fundamentais para alcançar um determinado resultado nas interações interpessoais em que envolvem emoções. Sendo o défice de competências emocionais, sociais e cognições fatores para a delinquência, é indispensável a existência de programas de intervenção que permitem treinar o sujeito de modo a dotá-lo de competências fundamentais para a sua vida, a nível social, emocional, e relacional. Assim, a presente investigação apresenta como principais objetivos compreender se o programa Gerar Percursos Sociais tem impacto no aumento ou na promoção do desenvolvimento das competências socio emocionais assim como perceber a importância que os tipos de personalidade poderão ou não possuir na competência socio emocional dos indivíduos. Foi adotada uma metodologia quantitativa de natureza quasi experimental, a uma amostra de 9 reclusos do Estabelecimento Prisional do Funchal, com idades compreendidas entre os 28 e 58 anos, (M = 36.44; D.P = 8,77). Os dados foram obtidos através da aplicação de um questionário sócio demográfico, da Multifactorial Emotional Intelligence Scale (MEIS), e do NEO-Five Factor Inventory (NEO-FFI), tendo sido analisados posteriormente através do Programa IBM SPSS (versão 23.0). Os dados obtidos revelam aspetos curiosos que sugerem um efeito favorável do programa em algumas competências emocionais dos reclusos. Conclui-se que a existência de programas de intervenção podem de facto dotar o indivíduo de competências fundamentais para a sua vida.
Emotional competence is based on the manifestation of self-efficacy in the subject believed to have basic skills to achieve a particular result in interpersonal interactions that involve emotions. As the deficit of emotional skills, social and cognitions factors for delinquency, it is essential the existence of intervention programs that allow you to train the subject to provide it with essential skills for is life, social level, emotional, and relational. Thus, this research has as main objective to understand if the Gerar Percursos Sociais program has an impact on increasing or promoting the development of emotional and social skills as well as realize the importance that personality types may or may not have in the social emotional competence of individuals. A quantitative methodology of nature quasi-experimental was adopted, to a sample of 9 inmates of the Prison of Funchal, aged between 28 and 58 years (M = 36.44; SD = 8.77). Data were obtained through the application of a demographic questionnaire, the Multifactorial Emotional Intelligence Scale (MEIS), and NEO Five-Factor Inventory (NEO-FFI), was subsequently analyzed using the IBM SPSS program (version 23.0). The data reveal curious aspects that suggest a positive effect of the program in some emotional skills of prisoners. It is concluded that the existence of intervention programs can indeed provide the individual core competencies for your life.
URI: http://hdl.handle.net/10400.13/1622
Designação: Mestrado em Psicologia da Educação
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MestradoMarianaTeixeira.pdf1,27 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.