Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.13/1468
Título: Examining the interplay between universal behavioural tendencies, online social networks and social capital
Autor: Venkatanathan, Jayant
Orientador: Karapanos, Evangelos
Kostakos, Vassilis
Palavras-chave: Redes sociais online
Privacidade
Capital Social
Análise de Redes Sociais
Interação Humano-Computador
Ciência da web
Online social networks
Privacy
Social capital
Social networks analysis
Human computer interaction
Web science
Informatics Engineering, specialty Human-Computer Interaction
.
Faculdade de Ciências Exatas e da Engenharia
Data de Defesa: 17-Mar-2015
Resumo: Interaction with others is fundamental to well-being, as it serves to fulfil our basic needs. Thus humans have various behavioural tendencies, patterns of behaviour that serve as strategies to fulfil these needs. Given the increasingly crucial role of online social networks on our communication and interaction, it is important to study these factors in the online context. In this thesis we explore how universal behavioural tendencies, i.e. behavioural tendencies that have been observed across cultures, affect our online interaction and how these in turn affect social capital. Focusing on disclosure behaviour and social network structure as proxies for online interaction behaviour, this work consists of three main components developed over four studies. Firstly, we attempt to understand how the tendency to reciprocate affects individuals’ willingness to disclose information about themselves. Secondly, we study the interplay between individuals’ disclosure patterns and their positions in the network. Finally, we study how individuals, along with their differences in universal behavioural tendencies, accrue social capital from the structure of their immediate networks. Key findings include: (1) People tend to reciprocate the disclosure of personal information, both when the initial disclosure is directed towards them, and also when it is broadcast and directed to nobody in particular, (2) The centrality of individuals in a social network is related to how much information they disclose, and how much others disclose to them, and (3) Online social network structure is related to social capital, and network structure and empathy play an interconnected role in the creation of social capital. The empirical findings, discussions and methodologies presented in this work will be useful for HCI and social science researchers studying the fundamental aspects of humans’ use of social technologies.
A interação com os outros é essencial para o bem-estar, visto servir para satisfazer as nossas necessidades básicas. Portanto, os seres humanos têm várias tendências comportamentais, padrões de comportamento que servem como estratégias para satisfazer essas necessidades. Dada a importância crescente das redes sociais online na nossa comunicação e interação, é importante estudar estes fatores no contexto online. Na presente tese exploramos como as tendências comportamentais universais, i.e., as tendências comportamentais observadas em diferentes culturas afetam a nossa interação online e como estas, por sua vez, afetam o capital social. Concentrando-se na divulgação comportamental e na estrutura da rede social como representantes do comportamento interativo online, este trabalho apresenta três componentes principais desenvolvidas em 4 estudos. Primeiro, tentamos compreender de que forma a tendência para a reciprocidade afeta a vontade dos indivíduos de divulgarem informações sobre eles mesmos. Segundo, estudamos a interação entre os padrões de divulgação dos indivíduos e as suas posições na rede. Finalmente, estudamos de que forma os indivíduos, juntamente com as suas diferenças nas tendências comportamentais universais, acumulam capital social a partir da estrutura das suas redes imediatas. As principais conclusões incluem: (1) As pessoas retribuem a divulgação de informação pessoal não só quando esta é dirigida ao próprio, mas de igual forma se publicada num espaço publico acessível a qualquer pessoa, (2) A centralidade dos indivíduos numa rede social está relacionada com a quantidade de informações que divulga e que os outros lhes divulgam, e (3) A estrutura da rede social online está relacionada com o capital social, e a estrutura da rede e empatia desempenham um papel próximo na criação do capital social. Os resultados empíricos, discussões e metodologias apresentados neste trabalho serão úteis para os investigadores de HCI e ciências sociais que estudam os aspetos fundamentais da utilização humana das tecnologias sociais.
URI: http://hdl.handle.net/10400.13/1468
Designação: Doctorate in Informatics Engineering, specialty: Human-Computer Interaction
Aparece nas colecções:Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DoutoramentoVenkatanathan.pdf4,26 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.